domingo

Como fazer para parafusar em madeira como um profissional

É, parece até um fetiche ou coisa que o valha, mas, é apenas uma maneira de fazer um servicinho básico com mais eficiência, mais perfeição, e assim contribuir para um melhor acabamento no que está fazendo.

Veja este passo-a-passo abaixo:

Faça um pequeno furo na madeira batendo levemente com a ponta de um prego. Esse furo será uma guia que irá facilitar o posicionamento da furadeira durante todo o processo de perfuração.

A broca adequada deve ter um diâmetro um pouco menor, ou mais fina, do que o parafuso que vai ser usado.
Confira também: 
   - Como fazer para evitar contratempos quando for usar a furadeira 
   - Como fazer para facilitar o uso de pregos e parafusos
Fazendo isso, não tem erro. É o suficiente para fazer um bom furo e um bom uso do parafuso. Entretanto, se mesmo assim, ainda tiver alguma dificuldade com a penetração do parafuso, pode usar um pouco de cera de abelha ou mesmo um pouco de sabão, embora esta última opção não seja a mais desejável já que pode induzir ao enferrujamento futuro.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sexta-feira

Como fazer para escrever uma conclusão com facilidade

Precisar fazer uma conclusão é uma tarefinha relativamente comum no cotidiano de quem estuda e/ou escreve. Logo, nada como algumas dicas simples para facilitar e agilizar o processo.

Quem usa sabe da importância de que seja ao mesmo tempo simples, precisa e objetiva.

Confira:
1 – Lembre todos os tópicos do trabalho 
Retome todos os tópicos que foram abordados no trabalho, porém, faça isso de forma sucinta e objetiva. 
2 – Faça um resumo 
Procure fazer um resumo de forma criativa e inovadora, para que o mesmo não se torne uma repetição do que já foi abordado. 
3 – Sugira leituras complementares 
Sugira leituras complementares ao leitor, elas podem ajudar a reforçar os pontos que você defendeu em seu texto. Faça isso explicando o porque e quanto seu argumento é importante para o leitor. 
4 – Sintetize o seu trabalho 
Sintetize todo seu trabalho de maneira profissional e demonstre o quanto você entende do assunto, abordando o tópico de maneiras diferenciadas. 
5 – Seja confiante 
Seja confiante, e dê ao leitor a impressão certa sobre sua capacidade intelectual.
Com informações de canal de ensino.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

segunda-feira

Como fazer para usar o Feng Shui e otimizar as funções em seus ambientes

O Feng Shui é uma arte/ciência que tem seus preceitos aliados à tradição milenar.

É um jeito, entre aspas, de dispor os objetos e móveis em seu ambiente, de maneira que possam gerar ou facilitar a circulação de energias mais propícias ao equilíbrio, à paz, ao prazer e à felicidade, para resumirmos.

É baseado na forma como moldamos a energia que se move por nossas casas.

Essa energia é chamada de chi e é influenciada pelos objetos colocados em cada área na arrumação ou decoração. Ou seja: algumas peças impedirão que o chi circule livremente e beneficie aquele ponto de sua vida, enquanto outros favorecerão o movimento.

Veja algumas situações simples e fáceis de adaptar, mas que podem fazer a diferença em sua casa, em seu ambiente de trabalho, em suas atividades no cotidiano.  
1 – Posicione a mesa ou bancada de trabalho em posição de comando, 
2 – Livre-se da bagunça, dê um trato na organização dos ambientes, 
3 – Inclua a cor verde no ambiente, inclusive as plantas, 
4 – Garanta a boa iluminação do ambiente, que é, não só um item de praticidade, mas energético. 
5 – Decore a bancada do home office deixando-o além do simplesmente prático e/ou confortável,
Ou seja, decore a bancada de trabalho com fotos, ilustrações, obras de arte e objetos que te inspirem. Isso ajuda a manter o ambiente de trabalho energizado o dia todo.

Para quem tem um trabalho criativo, deixar a mesa visualmente interessante propicia a imaginação. O Feng Shui, também, sugere uma foto da família à vista para manter sua conexão com as pessoas queridas.

     Lembre-se: Estas situações ficam facilitadas se você tem uma home office, literalmente falando, ou local de trabalho doméstico ou particular, digamos assim, mas pode ser adaptada, na medida do possível a qualquer ambiente de trabalho.

São situações simples e fáceis de serem executadas, mas que trazem em si mesmas os efeitos milenarmente atribuídos ao feng shui.

Só pra lembrar. Estas funções de equilíbrio e otimização energética, digamos assim, não se limitam ou resumem apenas às áreas de trabalho, mas a todo ambiente doméstico.

 Experimente!

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sábado

Como fazer uma capa de feltro muito boa para o seu celular

São apetrechos, como se diz, que estão na nossa ordem do dia e o seu manuseio continuo acaba por comprometer a sua conservação, sua aparência, logo, uma capinha de feltro pode dar uma força e preservá-los com a ‘cara boa’ por mais tempo, isto além de protegê-los, até contra eventuais acidentes.

O procedimento é simples e o uso de materiais é bem pequeno e barato.
Veja o que vai precisar: 
- feltro colorido (a seu gosto) 
- cola para madeira 
- espátula 
- régua 
- cola quente 
- tesoura
Uma ideia que pode dar um reforço na capa é usar camada dupla do feltro, ou seja, colando as duas partes, o que pode trazer-lhe mais firmeza e proteção adicional.

Corte as partes conforme a peça que vai cobrir - laptop, celular, ou smart – deixando de um a dois centímetros da cada lado, medida que vai ser cortada mais precisamente depois do feltro colado/duplicado, quando deve ficar apenas um centímetro para as junções/colagens finais.

A colagem pode ser feita com a cola comum para madeira. Passe uma camada homogênea fina e para ficar uma colagem mais precisa e com melhor acabamento final, espalhando bem com a espátula. Deixe secar por algo em torno de 24 horas.

Feito isto, proceda às adaptações devidas no tamanho – cortes mais precisos – conforme o tamanho da peça que pretende ‘encapar’. Daí é só utilizar a cola quente para a montagem final.

Lembrete. Na primeira fase dos cortes do feltro, considere deixar uma parte para servir de ‘aba/tampa’, quando pode usar o velcro como fecho, ou faça como nas imagens, com uma ‘tirinha’ a título de fecho/alça.

Terminado o trabalho. Você pode até partir para fazer alguma decoração, bolando desenhos variados com retalhos de feltro.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Como fazer para copiar um texto inteiro dentro de outro, no Word

O Word tem recursos, e quantos, que visam facilitar a construção de um texto e otimizá-lo no sentido de que possa se tornar bem mais ágil, prático e acessível, não só a digitação e edição mas, também, o acesso a seus recursos e propostas.

É o caso de inserir um texto dentro do que está sendo elaborado de forma rápida e precisa, embora haja outras formas de fazê-lo, mas bem mais complexas e, porque não, demoradas.

Logo, para isso não é preciso abrir o documento desejado, selecionar e depois copiá-lo para o outro documento ou usar outro procedimento qualquer.

A forma mais rápida para isso é a seguinte.

Clique na guia Inserir, em seguida na seta ao lado de Objeto – à sua direita – e por final clique em Texto do Arquivo que ele vai conduzi-lo imediatamente para os arquivos internos em seu computador. Daí é só clicar no texto pretendido/escolhido e ele será inserido imediatamente no seu texto, exatamente no ponto que escolheu.

Simples não?


Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

Como fazer para ‘vencer’ a procrastinação. É isso, funciona, mesmo!

Procrastinação. A palavrinha já é meio esquisita, o que não falar então do seu efeito em nosso cotidiano, em nossas tarefas diárias?

Veja uma definição da dita cuja: "Procrastinar é o ato de deixar as coisas para depois, e quem tem este hábito tem maior dificuldade em ser eficaz porque adia indefinidamente as tarefas necessárias a fazer o que precisa ser feito".

Por mais que role um ‘lero’ interno que nos convida e vencer a coisa... Nem sempre funciona.

Esta dica abaixo parece simples, mas, funciona, mesmo!
Leia também: 
 - Como fazer para manter um estilo organizado e facilitar o seu dia 
 - Como fazer para sua vida caber nas 24ª cada dia 
 - Como fazer para dar um trato na concentração com algumas dicas da neurociência
Conforme dica do autor de ZTD, veja aquiem inglês, ou o método da produtividade, é simples e funciona. Para começar. Leia agora!

Segundo o método a maior dificuldade do procrastinador, assumido ou não, não é completar alguma tarefa a que se propõe, mas sim dar início a ela.

É isso! A recomendação é ‘pegar a tarefa’ com toda a sua força de vontade e concentre no início. Feito isso, ‘segure’ por cerca de 2 minutos. Dois minutos!

É o que você precisa!

Vai perceber que a tarefa se desenvolve naturalmente.

Como disse no principio, parece simples, não? E é simples! Só que funciona, mesmo!

Confira!

 Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

domingo

Como fazer um cabideiro rústico reaproveitando galhos de árvores

Já publicamos antes ideias de como reaproveitar galhos secos de plantas para dar um toque natural a objetos e ambientes.
Nesta você pode fazer um cabideiro bem original com a mesma matéria prima, digamos assim.
É só ficar ligado (a), que encontrar os galhos necessários é coisa fácil, as árvores andam ‘descartando’ facilmente. É só dar um passada onde elas – as árvores – ­se encontram com mais profusão quando a probabilidade de encontra-los é bem maior.
Confira também: 
 - Como fazer revestimentos variados usando galhos de plantas 
 - Como fazer um cabideiro simples e dar-lhe um toque vintage 
 - Como fazer para dar um bom uso para as chaves descartadas e sem função
Como pode ver na imagem, vai precisar da tábua, dos galhos – tamanho e grossura a gosto – e demais apetrechos, tipo, serra (de arco é um boa pedida), furadeira/brocas, parafusos, lixa e o revestimento que bem pode ser o verniz ou tinta, sem contar que pode dar um toque natural mais radical e deixar como ‘a árvore fez... ’.*
O ‘acabamento’, como já falamos, fica por sua conte e gosto, inclusive a tábua, que pode ser nova, lisa/lavrada, velha e gasta ou outro nível de rusticidade.
Terminado o trabalho você tem a opção de colocá-lo na parede com penduradores, que pode até improvisar/reaproveitar – veja na imagem – o que facilita o deslocamento e mudança de lugar, ou fixe com parafuso, e bucha na parede, ver imagem, caso não pense em deslocá-lo depois.
        *Se optar por este ‘acabamento’, dê uma mão leve com um selador para impermeabilizar e proteger a madeira sem tirar-lhe as características originais. Para isto o ideal é que a tábua, também, preserve o aspecto natural.
Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sexta-feira

Como fazer para reutilizar malas descartadas como itens bem originais na decoração

As malas antigas são bons itens para compor a decoração de ambientes, sejam nos quartos, salas, ou mesmo outros ambientes onde, além de continuarem servindo como bons pontos de guardados de todo gênero, podem se transformar em itens diferenciados na decoração.
Embora algumas delas possam atribuir ao ambiente um ar meio vintage, podem, entretanto, compor qualquer cenário, a depender da forma como a adapta e decora.
Confira mais detalhes:
 - Como fazer para dar um toque vintage à sua decoração com malas antigas
Se não as tem o suficiente, os brechós e bazares costumam ser ‘bons pontos de encontro’ e dos mais variados modelos e tamanhos, além do mais, por bons preços.
Daí é só fazer as adaptações necessárias, a depender da função/uso que vai destinar a cada uma delas.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quarta-feira

Como fazer para dar um bom uso para as chaves descartadas e sem função

Se tem ‘uma coisa’ que parece sobrar por todo lado em casa são as chaves sem funcionalidade, ou seja, que já não servem para abrir/trancar nada...

O interessante é que “elas não se definem” e acabamos por deixá-las pelas gavetas afora sem qualquer utilidade. É como se temêssemos jogá-las fora e virem a fazer falta de alguma maneira.

Esta ideia na imagem acima é um bom jeito de reutilizar, de dar-lhes uma utilidade/funcionalidade e adicionar um toque criativo e original a esta função importante, que é organizar e guardar as chaves em uso.
Em casa de material de construção você encontra tachinhas de vários tipos – douradas, prateadas, niqueladas – que podem dar um toque melhor que um prego comum na fixação das chaves. 

A madeira pode ser algo como a da imagem onde está sendo usada uma tábua envelhecida para dar-lhe um aspecto meio vintage, mas você pode, também, optar por uma tábua comum, envernizar, pintar ou mesmo forrar com papel ou tecido a seu gosto, que ficará muito bem.

Para entortar a ‘ponta da chave’ você pode utilizar um alicate e fazer pressão contra uma superfície dura e firme que ela se curvará facilmente.
Para pendurar a tábua na parede, você pode reutilizar aqueles velhos conhecidos fechos/lacres de latas de refrigerantes/sucos que dão muito bem conta do recado. (veja imagem acima)

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

segunda-feira

Como fazer objetos criativos e funcionais com livros descartados

É isto, tem razão. ‘A bem da verdade’ não existem livros descartados, já que a funcionalidade e/ou utilidade da maioria deles é praticamente eterna.

Entretanto, pode ter por aí, nos cantos, algum exemplar, encadernado de preferência, que perdeu sua funcionalidade, sobretudo se faziam parte de series já sem utilidade.
Veja algumas ideias bem interessantes: 
 - Como fazer uma caixa secreta usando um livro oco 
 - Como fazer para ocultar e ainda dar um toque original aos seus complementos eletrônicos 
 - Como fazer uma bolsa de mão – clutch – com a capa de um livro velho
Podemos encontrar em sebos alguns que estão bem descartados, entre aspas, e por preços irrisórios.

Nada impede que possa fazer o “livro segredo”, por exemplo, em uma brochura comum, embora o encadernado possa dar-lhe mais firmeza. É o caso deste que serve de ‘invólucro/capa’ para os seus complementos eletrônicos.  

Como pode ver, são trabalhos simples e fáceis e têm sua funcionalidade garantida.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

sábado

Como fazer banquinhos e pequenas cadeiras de madeira de usos múltiplos

São peças simples e fáceis de fazer que não necessitam de grandes conhecimentos de marcenaria nem de experiências prévias.

Podem ser bem práticos no cotidiano em casa, tanto pela facilidade no uso, assim como em sua acomodação ‘nos guardados’, já que são pequenos, embora plenamente funcionais.
Confira nos links abaixo. 
 - Veja como fazer um banco de madeira e dar-lhes usos múltiplos e criativos 
 - Como fazer um pequeno tamborete rústico e prático 
 - Como fazer um banquinho de madeira superprático e muito útil. Confira! 
 - Como fazer uma cadeira simples e prática para uso externo
A madeira, por suas dimensões, pode muito bem vir de reaproveitamentos de outras peças, ou de retalhos pequenos facilmente encontrados em casas do ramo – pinho ou similar – por preços módicos.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Como fazer para manter um estilo organizado e facilitar o seu dia


Um fator que bagunça um pouco o cotidiano, além de trazer consigo fatores pouco desejáveis como o velho estresse, é a baguncinha que deixamos ir acumulando e planejando a que horas (dia?) vamos dar conta da arrumação.

Para não entrarmos no círculo vicioso, basta adotar algumas regrinhas básicas, e simples – o que é bem importante – é irmos dando conta do espaço á medida que o usamos.

Arrumar a cama logo após deixá-la

É parece sem importância, mas funciona com uma introdução em organização mínima, uma atitude mental que vai se desdobrar durante todo o dia. Isto além do visual de organização e cuidado em que deixa o quarto.

Fazer uma agenda

Elaborar uma agenda logo cedo contribui para dar um pouco mais de racionalidade às nossas tarefas no cotidiano, quando devemos estabelecer algum critério para salientar as prioridades, bem como ir ‘riscando’ à mediada em que vamos eliminando/fazendo ao logo do dia. Ela deve ser bem vista, sobretudo quando incluímos tarefas a serem executadas fora de casa.
Confira também: 
 - Como fazer para organizar o cotidiano em sua casa com dicas simples e rápidas 
 - Como fazer para iniciar o dia com um bom ritmo de organização e cuidados 
 - Como fazer para sua vida caber nas 24 horas a cada dia
Organizar as roupas

É bom ir dando um destino a cada peça de roupa que formos retirando, se para a lavanderia ou se vai para a reutilização. No ultimo caso elas deves ser dobradas e/ou colocadas em cabides, sobretudo para que possam se reutilizadas facilmente sem que tenham amarrotado, bem como para manter a organização do quarto colocando-as nos devidos lugares.

Lavar a louça do dia

O ideal é lavar logo após o uso. Entretanto, nem sempre isto é possível. Logo a ideia é que seja toda lavada ao final do dia para que a cozinha não só ‘vá dormir’ arrumada e limpa, como você a encontre assim para o seu café da manhã. Isso sem falar no bom visual que uma cozinha arrumada dá ao ambiente da casa.

Isto, também, vale para uma geral rápida na limpeza do ambiente: pia, fogão e móveis.

Dar um geral na poeira dos móveis

Um pano rápido nas superfícies dos móveis pela casa leva um mínimo de tempo, sobretudo se for feito com regularidade, e o efeito é o melhor possível.

Organizar a correspondência

É, também, uma questão de praticidade. Colocá-las de forma organizado em um local predefinido, de maneira que tenha um acesso rápido e fácil para deixá-las na ordem do dia, inclusive na hora de pagar as contas.

Estabelecer local predefinido para objetos de uso continuo

É o caso das chaves, óculos e do velho celular. Facilita o acesso rápido, não só para uso imediato, assim como fiar ao alcance da mão na hora em que for sair de casa.

Fazer uma limpeza na bolsa e/ou mochilas

É normal irmos acumulando algum lixo ou ‘coisas descartadas’, que vão se misturando e acabam por dificultar o acesso rápido aos nossos objetos. Daí a necessidade de se fazer ‘uma faxina geral’ periódica.

Finalmente, deixar ‘as coisas’ – roupas, bolsa, objetos diversos – arrumadas para facilitar o aceso e a saída rápida de casa pela manhã.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark

terça-feira

Como fazer para reaproveitar as inúmeras possibilidades dos caixotes de feira

É um belo recurso que não raro é abandonado por aí depois de seu uso original/inicial: Os chamados ‘caixotes de feira’ ou ‘caixotes de frutas’.

Ele é feito de uma madeira muito boa, geralmente pinho/pinus (denominações convencionais, mas a madeira é da mesma espécie) e de fácil manuseio/trato e com um sem numero de possibilidades de reutilização.

A madeira já vem meio elaborada e, a depender do caso ou da peça que for fazer, dispensa até um lixamento sistemático no final. Outra vantagem é que tem dimensões – o tamanho das tábuas e peças – que permitem fazer vários objetos com pouco esforço ou trabalho.

Veja nestes link’s abaixo algumas ideias bem originais e criativas para você aproveitar e usar os caixotes de feira/frutas eu tiver à mão:
 - Como fazer um baú simplificado a partir de um caixote de frutas 
 - Como fazer um trenzinho para as crianças reutilizando caixotes de frutas 
 - Como fazer para aproveitar e dar usos interessantes para caixotes descartados 
 - Como fazer uma estante original reutilizando caixotes de frutas 
 - Como fazer pecas úteis e criativas com caixotes de feira 
 - Como reaproveitar com criatividade caixotes descartáveis de frutas
Como pode ver, tem ideias para todos os gostos – e muitas utilidades – isto além da diversão/curtição que é o ‘trabalho’ de reutilização em si mesmo.

Se gostou deste post subscreva o nosso RSS Feed ou siga-nos no Twitter para acompanhar nossas atualizações

*

Share/Save/Bookmark